ABCDivórcio - 1° Guia Brasileiro sobre Divórcio Resgate sua Relação
ABC Divórcio Rede Social especial para Divorciados/Separados Fórum de Discussão especial para Divorciados/Separados
Ajude um(a) amigo(a) nesta situação!
"Não existe um caminho para a felicidade. A felicidade é o caminho." Mahatma Gandhi
Você está em:

VN:F [1.9.22_1171]
Gostou deste texto?

Combata a fragilidade emocional com atividades físicas

O stress, tristeza, sensação de fracasso e culpa; a raiva e outros sentimentos presentes numa separação arrebentam com o equilíbrio psicológico dos envolvidos. O quadro pode se agravar quando o cônjuge que está se separando entra em depressão. Para piorar a situação, o desânimo leva muitas pessoas neste processo a abandonarem suas atividades físicas. Soma-se assim, à já enorme fragilidade emocional, a fraqueza do corpo. O resultado é uma saúde seriamente comprometida.

Para combater ou atenuar o lado emocional seriamente abalado, o caminho deve ser o oposto de se esconder em casa e largar-se em um sofá ou cama. Fazer regularmente algum exercício físico é uma das melhores formas de combater o desequilíbrio psicológico que uma separação gera. A explicação é científica: a prática de exercícios físicos libera no cérebro substâncias que proporcionam sensações de paz e tranquilidade. São as endorfinas, neuromediadores ligados à produção de sensações de bem-estar e prazer.

“ O exercício físico reduz o stress, a ansiedade, e ajuda a descontrair, o que alivia o sofrimento.

Em casos de separação, pode ajudar a manter um equilíbrio emocional saudável. Além de proporcionar uma melhor autoestima, o exercício físico reforça a autoconfiança e é uma boa resposta à tristeza e à solidão”, afirma Mariagrazia Marini Luwisch, psicóloga clínica e psicoterapeuta brasileira que vive em Lisboa.

Portanto, nada de fugir da academia, do treino com seu grupo de corrida, da caminhada ou de seu esporte preferido. Fazer exercícios é também “uma oportunidade para conviver com outras pessoas, favorece novos encontros e contribui para ultrapassar a situação mais depressa e manter o gosto pela vida”, acredita a psicóloga Mariagrazia.

Conhece algum amigo ou amiga nesta situação? Indique esta leitura!
Deixe seu Comentário abaixo ou,
se preferir, discuta este assunto em nosso Fórum:
Fórum de Discussão
Nossa Rede Social

Deixe um Depoimento/Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


Comentários
Busca:
Curta nossa página no Facebook

Aqui entra o depoimento Aqui entra o depoimento Aqui entra o depoimento Aqui entra o depoimento Aqui entra o depoimento Aqui entra o depoimento Aqui entra o depoimento Aqui entra o depoimento Aqui entra o depoimento.

Teste de Depoimento

Deixe você também seu depoimento!
Depoimentos
Cadastre-se e receba nossas
dicas em seu e-mail:
Todos os direitos reservados. Favus Design For Business.