ABCDivórcio - 1° Guia Brasileiro sobre Divórcio Resgate sua Relação
ABC Divórcio Rede Social especial para Divorciados/Separados Fórum de Discussão especial para Divorciados/Separados
Ajude um(a) amigo(a) nesta situação!
"O importante não são os anos na sua vida, mas a vida nos seus anos. " Abraham Lincoln
Você está em:

VN:F [1.9.22_1171]
Gostou deste texto?

Como ler os sinais de um relacionamento que desmorona – Seriado

“Quando a separação começa, é como uma rachadura no vidro, não tem mais conserto. É só uma questão de tempo até o relacionamento se despedaçar.”

A não ser que o casal seja o suprassumo da racionalidade – de repente, sem brigas demais, simplesmente um vira pro outro e diz que não dá mais e o outro concorda – a crise conjugal costuma ser destemperada e demorada. Fugir dessa espiral de sentimentos que vão sendo partidos é quase impossível em um casamento que se desintegra. Este é o tema de um seriado não muito antigo da TV Globo, Separação (2010).
O marido ou a esposa começa a apontar o defeito do outro e vice versa, e coisas que não devem ser ditas, começam a ser despejadas umas atrás das outras. Detalhes aparentemente banais, até ridículos tornam-se veneno e impaciência puras.

O insultado reage com a perguntinha clássica, clichê dos clichês mas que fatalmente aparece pois não há imaginação e originalidade na hora de uma “boa” briga: “Se isso te incomoda tanto, por que casou comigo?” A resposta é o silêncio, quando um dos dois sabe parar, ou mais um festival de agressões verbais.

Quem tiver a coragem de relaxar um pouco, rindo da própria tragédia ou alívio de uma separação, irá ficar mais leve depois de assistir no Youtube os episódios deste seriado. Basta escrever “Separação” na busca do site que aparecerão vários episódios, desde o número 1. Vladimir Brichta e Débora Bloch fazem o casal em pé de guerra que começam a se pegar porque ele “mastiga barulhento feito um bode” segundo sua esposa.

Ele responde criticando o dedão do pé da mulher e aí a coisa desanda e, tomara, você vai dar boas risadas. Ou, quem sabe, até poderá tentar entender o parceiro e repensar a separação após ver a série amalucada de barracos (eles se criticam até pela forma de descrever uma risada no SMS!) que os personagens do seriado aprontam um com o outro.

Assistir à Brichta e Bloch pode ser até reconfortante para se perceber que ninguém pode atacar mais a outra cara metade que esse casal em plena guerra de nervos. Ou pode?

Conhece algum amigo ou amiga nesta situação? Indique esta leitura!
Deixe seu Comentário abaixo ou,
se preferir, discuta este assunto em nosso Fórum:
Fórum de Discussão
Nossa Rede Social

Deixe um Depoimento/Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


Comentários
Busca:
Curta nossa página no Facebook

Muito bacana este espaço! Meu marido me deixou e por isso estou aqui para compartilhar informações e coisas com quem está passando pelo mesmo que eu….  Obrigada ABC!

Bacana!

Deixe você também seu depoimento!
Depoimentos
Cadastre-se e receba nossas
dicas em seu e-mail:
Todos os direitos reservados. Favus Design For Business.