ABCDivórcio - 1° Guia Brasileiro sobre Divórcio Resgate sua Relação
ABC Divórcio Rede Social especial para Divorciados/Separados Fórum de Discussão especial para Divorciados/Separados
Ajude um(a) amigo(a) nesta situação!
"Não existe amor minúsculo, principalmente quando se trata de amor-próprio" Martha Medeiros
Você está em:

VN:F [1.9.22_1171]
Gostou deste texto?

Como não queimar o filme no trabalho com seu uso da internet, especialmente das redes sociais

Mesmo sem você saber, cuidado: a forma como você usa as redes sociais e outros espaços da internet, pode ser decisiva para lhe custar uma demissão no emprego. “Como, se meus chefes não me têm como amigos no Facebook, Twitter ou Instagram?”. Ledo engano. É comum, sobretudo nas grandes empresas, o trabalho de um profissional pago para bisbilhotar, ilegalmente e sem o seu conhecimento, tudo o que você faz na internet, dos e-mails que troca às atualizações que faz nas redes sociais e quanto tempo passa navegando por sites e blogs. São especialistas em tecnologia da informação que trabalham de noite ou de madrugada vasculhando o micro do trabalho que você utiliza. Claro que as empresas não costumam admitir que fazem isso, mas a espionagem acontece.

O trabalho secreto de alguns profissionais de T.I. é mais direcionado para descobrir se os funcionários estão fazendo críticas às empresas onde trabalham ou entregando dicas valiosas para empresas concorrentes. Eles também são investigados quanto à produtividade durante o trabalho: o pessoal de T.I. descobre facilmente quanto tempo você passa navegando na web em vez de se dedicar aos serviços na empresa. E, claro, os espiões, já que conseguem acesso ao seu perfil nas redes sociais, podem observá-lo também em atualizações fora da empresa, em seu horário de lazer.

Portanto, nada de postar fotos enchendo a cara na balada ou destilando impropérios verbais contra outras pessoas em discussões infantis. Outra demonstração de imaturidade é ficar curtindo e repassando piadas de mau gosto ou que denigrem grupos específicos de pessoas.

Deve-se ter muito cuidado também com as preferências políticas. Especialmente quem tiver cargos públicos em órgãos ligados ao governo municipal e estadual. Não é nada inteligente revelar sua preferência por políticos de outros partidos que não são do mesmo partido do prefeito ou governador que comanda a instituição em que você trabalha.

Além disso, as bobagens e atualizações perigosas ocorrem porque as pessoas confundem o público com o privado. Não percebem que suas atualizações nas redes sociais são disparadas para um monte de “amigos”, entre os quais muitos são meros conhecidos. Ou seja, não são seus amigos coisa nenhuma.

O publicitário e especialista em mídias sociais Fernando Baccari afirma que "existem diversas formas de funcionários ou colaboradores de uma empresa, ficarem com sua imagem prejudicada.  As mais comuns são falar mal da empresa, do chefe e dos colegas de trabalho.

Tudo o que se publica na internet, cristaliza-se. Mesmo a pessoa apagando o conteúdo, existem formas de guardar esse conteúdo. O famoso “print-screen” da tela é um exemplo.

Fala-se que ´palavra falada e flecha disparada não tem volta´. Podemos acrescentar também que qualquer coisa que postamos na internet – principalmente em redes sociais – é pior. A pisada de bola é registrada, formalizada e repassada em segundos”.

Como então nos proteger de nós mesmos na hora de usar a internet? “Verifique seu nível de privacidade nas redes sociais, em especial o Facebook, e poste conteúdos segmentados e dirigidos, por exemplo, a um grupo fechado. Uma dica simples e eficiente? Bom senso, sempre”, recomenda o especialista Baccari. Isso, no entanto, se a sua empresa não tem um espião…

É preciso de um bom senso ainda maior quando seu chefe ou companheiros de trabalho fazem parte de seus contatos nas redes sociais. Nada de atualizar demais no meio do expediente, então, o Twitter e o Facebook, ou postar em seu blog pessoal, porque isso significa que você está se dedicando à arte do ócio em pleno expediente.

Mas como então usar essas mídias a seu favor? A dica básica de coachings pessoais – especialistas em trabalhar a imagem e aumentar a produtividade de seus clientes – é postar periodicamente eventos e feitos profissionais na web. Dessa forma você demonstra maturidade e envolvimento com seu trabalho e profissão. Essa estratégia vai lhe ajudar de qualquer forma: para o seu chefe perceber que você veste a camisa e para você ser notado e bem avaliado por outras empresas onde deseja trabalhar no futuro. “Encare a rede como um portfólio a ser analisado pelo seu futuro chefe”, aconselhou Jamile Dupont (em reportagem da revista Glamour), representante no Brasil da empresa coaching americana Dale Carnegie.

Conhece algum amigo ou amiga nesta situação? Indique esta leitura!
Deixe seu Comentário abaixo ou,
se preferir, discuta este assunto em nosso Fórum:
Fórum de Discussão
Nossa Rede Social

Deixe um Depoimento/Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


Comentários
Busca:
Curta nossa página no Facebook

Muito bacana este espaço! Meu marido me deixou e por isso estou aqui para compartilhar informações e coisas com quem está passando pelo mesmo que eu….  Obrigada ABC!

Bacana!

Deixe você também seu depoimento!
Depoimentos
Cadastre-se e receba nossas
dicas em seu e-mail:
Todos os direitos reservados. Favus Design For Business.