ABCDivórcio - 1° Guia Brasileiro sobre Divórcio Resgate sua Relação
ABC Divórcio Rede Social especial para Divorciados/Separados Fórum de Discussão especial para Divorciados/Separados
Ajude um(a) amigo(a) nesta situação!
"Seja a mudança que deseja ver no mundo. " Gandhi
Você está em:

VN:F [1.9.22_1171]
Gostou deste texto?

O impacto das brigas do casal nos filhos de variadas idades

“Qualquer tipo de briga, discussão, disputas e intrigas devem ser evitadas na frente dos filhos, isso é altamente prejudicial para qualquer faixa etária”, declara a psicóloga Celi Piernikarz. Brigas entre casais, desentendimentos e pequenas discussões fazem parte da rotina da maioria dos casados, porém, tudo isso deve acontecer longe dos filhos. Esses desentendimentos assistidos por eles são o contrario do que é necessário para uma boa formação do psicológico, que é um ambiente com harmonia, tranquilidade, carinho e amor. “Tudo isso está formando sua personalidade, um ambiente sadio cria um emocional equilibrado”, completa a especialista.

A psicóloga e também orientadora educacional em escola, Celi, revela a seguir os principais problemas enfrentados pelas crianças de acordo com suas faixas etárias:

0 a 5 anos - É uma das fases mais importantes, e que mais poderá acarretar consequências futuras. É nessa fase que a estrutura da personalidade da criança (e do futuro adulto) é formada. Portanto, quanto melhor for o ambiente, mais influências positivas farão parte dessa estrutura. É claro que as diferenças entre o casal não devem ser omitidas, apenas os filhos que não devem ser expostos aos problemas que não são deles, e sim dos pais. “Os parceiros não devem permitir que os menores estejam inclusos nessas discussões, pois elas podem gerar uma ansiedade muito grande, sentimento de culpa e diversos transtornos futuros.”

6 anos até a pré-adolescência (12 anos) - Fase na qual os pais são modelos: tudo que o pai e a mãe vivenciam acaba sendo transmitido para eles, pois “não tem maturidade para diferenciar o que é deles e o que é dos pais; se os pais gritam, os filhos gritam”. Por isso é de grande importância que as brigas sejam evitadas, para que o comportamento não seja representado por eles dentro e fora de casa. É sempre bom manter diálogo com os filhos, para que não se sintam culpados pelas brigas e compreendam que não fazem parte desse universo, que isso só cabe aos pais.

Adolescência (13 aos 18 anos) - É uma fase repleta de mudanças: hormonais, físicas, psicológicas, comportamentais e reais. Um ambiente tumultuado pode ser o trampolim para que procurem fora de casa uma nova referência. É nesse momento que muitos jovens entram em contato com a bebida, com as drogas, “fogem de casa e daquele espaço carregado em busca de extravasar, e muitas vezes isso se dá de uma forma inadequada, pois não têm a referência necessária”.

É fundamental que os pais tenham um olhar muito sério para essa questão – não criar um impacto das suas brigas sobre os filhos. “Os pais precisam ter cuidado, para a prevenção dos problemas no futuro da vida dessa criança ou adolescente. O indicado é, sempre que possível, o casal buscar o auxilio de profissionais qualificados para ajudar nessas questões. Ninguém nasce sabendo como ser pai ou mãe, todos erram uma hora. A oportunidade de conversar com um educador e psicólogo ajuda nessa precaução. Quanto mais cedo isso for trabalhado mais fácil será ver um resultado positivo”, conclui a psicóloga Celi Piernikarz.

Conhece algum amigo ou amiga nesta situação? Indique esta leitura!
Deixe seu Comentário abaixo ou,
se preferir, discuta este assunto em nosso Fórum:
Fórum de Discussão
Nossa Rede Social

Deixe um Depoimento/Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


Comentários
Busca:
Curta nossa página no Facebook

Aqui entra o depoimento Aqui entra o depoimento Aqui entra o depoimento Aqui entra o depoimento Aqui entra o depoimento Aqui entra o depoimento Aqui entra o depoimento Aqui entra o depoimento Aqui entra o depoimento.

Teste de Depoimento

Deixe você também seu depoimento!
Depoimentos
Cadastre-se e receba nossas
dicas em seu e-mail:
Todos os direitos reservados. Favus Design For Business.