ABCDivórcio - 1° Guia Brasileiro sobre Divórcio Resgate sua Relação
ABC Divórcio Rede Social especial para Divorciados/Separados Fórum de Discussão especial para Divorciados/Separados
Ajude um(a) amigo(a) nesta situação!
"E no amor é assim, não existe moral da história! " Martha Medeiros
Você está em:

VN:F [1.9.22_1171]
Gostou deste texto?

Os riscos de abrir um relacionamento podem ser fatais

“Eu queria poder sair e ficar com outras mulheres, mas imaginar a minha mulher na mão de outros homens era barra”, conta Rafael Simões, 34, fotógrafo. É sempre muito difícil para os homens, ainda mais para os que são machistas, imaginar os direitos iguais entre os sexos se aplicando na hora em que desejam abrir a relação. Foi o caso de Rafael e Simone, que acabou com o fotógrafo enfrentando uma depressão de meses.

A vontade de inovar, experimentar o que não conheciam e embarcar nesse mundo do casamento aberto era um grande sonho de Simone, mas Rafael “se encaixava perfeitamente no tipo machista que aceitava com ele e comigo não”, conta a publicitária de 32 anos. Ela conta que sabia que seu marido tinha vontades e ela queria ter um pouco da sua liberdade dos tempos de solteira de volta.

Os dois começaram a frequentar casas noturnas, a conhecer outras pessoas e transar com elas. A princípio, era apenas para isso que serviam esses terceiros e quartos elementos. Contudo, Rafael viaja muito por conta da profissão, passou duas semanas fora de casa a trabalho e quando voltou encontrou um anel masculino que não era dele. “Na hora que vi aquele anel sabia que ela tinha levado outro homem para casa, e eu não aguentei, pedi o divórcio”, confessa o fotógrafo. Já Simone disse que não sabia o que fazer, “eu estava prestes a perder o homem que amava por conta de ter feito uma coisa que ele sabia e me deu permissão para fazer”.

Foi nesse momento que Rafael voltou para a casa da mãe, não se separaram no papel,  mas estavam afastados. Ele parou de trabalhar, nem levantava da cama. “Eu fiquei péssima, não podia vê-lo, sabia que ele estava mal, queria ajudar e não tinha como. Me culpava a cada instante”, conta Simone.

A psicóloga Mariana Lapetina diz que o pior ponto negativo de abrir um casamento é o risco de acontecer o que aconteceu com Rafael. “Ver seu parceiro tendo relações fora do casamento ou saber que isso esta acontecendo é uma situação muito complexa. O respeito e o amor podem ser questionados, muitos acreditam que quem ama de verdade não quer ninguém além do parceiro. Se o casal optar por isso deve pensar muito bem antes de colocar em prática, porque a chance de existir ciúmes e prejudicar o casamento é tão grande quando a de dar certo e ambos terem prazer sendo livres.”

Conhece algum amigo ou amiga nesta situação? Indique esta leitura!
Deixe seu Comentário abaixo ou,
se preferir, discuta este assunto em nosso Fórum:
Fórum de Discussão
Nossa Rede Social

Deixe um Depoimento/Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


Comentários
Busca:
Curta nossa página no Facebook

Aqui entra o depoimento Aqui entra o depoimento Aqui entra o depoimento Aqui entra o depoimento Aqui entra o depoimento Aqui entra o depoimento Aqui entra o depoimento Aqui entra o depoimento Aqui entra o depoimento.

Teste de Depoimento

Deixe você também seu depoimento!
Depoimentos
Cadastre-se e receba nossas
dicas em seu e-mail:
Todos os direitos reservados. Favus Design For Business.